Marcelo de Alvarenga – Pianista Brasileiro

Marcelo de Alvarenga

Marcelo de Alvarenga

Continuando o meu “dever cívico”, apresento a vocês um dos grandes pianistas eruditos (ok, ele também sabe ser bem popular… ) do Brasil na atualidade: Marcelo de Alvarenga.

Marcelo é carioca (eu presumo, pois na sua biografia oficial não constam estes dados) e, como a maioria dos músicos de destaque no cenário erudito, começou muito cedo a estudar piano. Dentre seus professores, cito alguns: Maria Alice Frantz e Altair Celina Gomes, prosseguindo com Esther Naiberger, Maria Teresa Soares, Nise Obino e Luiz Medalha.

Venceu sete dos nove concursos nacionais de piano dos quais participou, destacando-se os concursos “Nacional Lorenzo Fernandez”, “Nacional de piano Villa-Lobos/Lorenzo Fernandez” e “Movimento Artístico Lúcia Branco (MALB)”. Recebeu também o prêmio de melhor intérprete da obra de Villa-Lobos, oferecido por sua esposa Arminda Villa-lobos e pelo Museu Villa-Lobos.

Ou seja, o homem é BOM. 🙂

Marcelo, como pessoa, é uma das pessoas mais generosas que conheço. Com toda a bagagem “profissional” que tem, ele tem total humildade de tocar qualquer coisa que você bote na frente dele, sem dar desculpas ou empinar o nariz. Se o assunto é música, você vê na hora a paixão de Marcelo transparecer. Fala com gosto de praticamente todos os gêneros musicais pois, praticamente, já tocou de tudo. Nunca teve medo de experimentar coisas novas, adora desafios. Prova disso é seu extenso repertório que vai desde os ultra-tradicionais compositores eruditos (Scarlatti, Bach, Haydn, Mozart, etc…) até os mais populares. Exemplo desta diversidade: quando conheci o Marcelo, ele tocava em um MUSICAL, mais precisamente estava em cartaz tocando “Porgy & Bess”, de Gershwin.

Agora o que mais interessa a este blog: sua ligação com a música brasileira. O repertório brasileiro de Marcelo é fantástico. Alguns dos compositores que constam no seu repertório: Villa Lobos, Edino Krieger, C. Guarnieri, Santoro, Ernesto Nazareth, entre outros. Sua diversidade impressiona: vai desde os compositores ao repertório, e também na execução (fez recitais solo, duos de piano, piano e violão, etc…).

Entre um recital ou espetáculo teatral, Marcelo ainda dá aulas de piano!

Fica aqui registro de um dos grandes músicos da atualidade. Não só pelo seu indiscutível talento ao piano, mas também pela pessoa que é.

Maiores informações, é só ir no site dele: www.marcelodealvarenga.com.br