Origem dos Grupos de Pagode – T.O.S.

Não resisti em “repostar” um texto que li no Blog do Neo, o excelente T.O.S (Todos Os Sentidos). Parabéns Neo:

Olá pessoas!

O Todos os Sentidos – T.O.S, cumprindo seu papel de veículo formador de opinião coloca no ar a série cultural inútil iniciada com este singelo post. O T.O.S informa que não faz nenhum tipo de acepção a pessoas, estilos, ritmos, manias, grupos, bandas, times, bordões e qualquer comportamento que tenha ligação direta com o texto a seguir ou qualquer outro da série “cultura inútil” que possa ser publicado aqui, mas como o texto era muito engraçado interessante, resolvemos publicá-lo.

A origem do pagode mela cueca, ou pagode meloso, ou pagode gosmento, ou ainda o pagode maria-mole é um tanto quanto desconhecida. DIZ A LENDA que dois camaradas que foram expulsos de um grupo de samba, porque choravam demais, não tinham resistência à bebida e não sabiam tocar cavaquinho, decidiram se juntar e formar um novo grupo…

– Mas não podiam ser uma dupla, porque isso é coisa de sertanejo.

– Não podiam ser um trio, porque isso é coisa de KLB e de dançarinos do É o Tchan.

– Não podiam ficar em quatro porque isso é MPB, tipo MPB 4 & Quarteto em Si.

– Não podiam ser cinco porque isso é coisa de Menudos, Bro’z, Polegar e Dominó.

Então ficou estabelecido que para montar um grupo de pagode é preciso pelo menos 6 pessoas. Além disso existem outros requisitos, que listaremos a seguir:

– Eles devem vir do mesmo bairro e terem mais ou menos a mesma idade.

– Um tem que ter cara de velho safado (podem perceber, sempre tem um).

– Um tem que ser baixinho e terá um nome que termine com “inho”, como Paulinho, Huguinho, Zezinho ou Luisinho.

– Eles devem usar a mesma roupa quando se apresentam, mesmo que ela tenha três (ou mais) cores e lantejoulas.

O esquema de apresentação na TV é o seguinte:

– Um fica na frente, dublando e abraçando as fãs (aquelas meninas que gritam sem parar).

– Um batuca um pandeiro, e outro dubla um cavaquinho.

– O resto se movimenta para os lados e balançam a cabeça em passos sincronizados. Toda vez que na letra da música aparecer a palavra: “você”, é necessário apontar com o dedo indicador e sorrir (tipo sorriso dengoso) para as fãs, ou para o telespectador. Feito.

IMPORTANTE:

Notem que seis é apenas o mínimo necessário, você pode colocar quantos amigos e parentes quiser no grupo.

Muito bom!!